Como prevenir a divulgação de desinformação

Saiba mais sobre as etiquetas de mensagens reencaminhadas
As mensagens com a etiqueta "Reencaminhada" ajudam a determinar se a mensagem foi escrita por um amigo ou familiar seu, ou por outra pessoa. Quando a mensagem é reencaminhada através de uma cadeia de cinco ou mais conversas, o que significa que foi reencaminhada pelo menos cinco vezes desde o envio do remetente original, verá um ícone de seta dupla
e a etiqueta “Reencaminhada muitas vezes”. Se não tiver a certeza de quem escreveu a mensagem original, verifique os factos. Para saber mais acerca dos limites de reencaminhamento, consulte este artigo.
Verifique as suas ideias preconcebidas
Tenha atenção a informações que confirmem as suas ideias preexistentes; analise os factos antes de partilhar informações. Histórias que parecem inverosímeis são raramente verdadeiras.
Verifique a veracidade das informações junto de outras fontes
É frequente notícias falsas tornarem-se virais, mas lembre-se de que as fotografias, gravações de áudio e vídeos podem ser editados para induzir os utilizadores em erro. Mesmo que uma mensagem tenha sido partilhada muitas vezes, isso não a torna verdadeira. Se receber informações que são falsas, informe o remetente de que lhe enviou informações incorretas e recomende-lhe que verifique as mensagens antes de as partilhar.
Se não tiver a certeza acerca da veracidade de uma mensagem, recomendamos que verifique sites de notícias de confiança para saber a origem da história. Quando uma história é comunicada em diversos canais e por fontes de confiança, é mais provável que seja verdadeira. Pode consultar verificadores de factos, ou pessoas da sua confiança, para mais informações. Para obter uma lista de verificadores de factos afiliados à Rede Internacional de Verificação de Factos, consulte este artigo.
Se um contacto enviar constantemente notícias falsas, denuncie-o. Para saber como denunciar uma mensagem, contacto ou grupo, consulte este artigo.
Fique atento a mensagens com um aspeto diferente
Muitas mensagens e ligações indesejadas que possa receber têm erros gramaticais ou ortográficos, ou pedem-lhe para partilhar informações pessoais. Para saber como identificar e lidar com estes tipos de mensagens, leia este artigo.
Nota: se estiver, ou conhecer alguém que esteja, em perigo emocional ou físico, entre em contacto com os seus agentes de autoridade locais. Os agentes de autoridade locais estão preparados para ajudar nestes casos.
Recursos relacionados:
Isto responde à sua pergunta?
Sim
Não